Ortodontista: O que devo procurar em um

Se você deseja iniciar um tratamento ortodôntico, mas ainda está em busca do profissional, este artigo é para você. O objetivo deste artigo é te auxiliar na busca por este profissional, esclarecendo o que você deve levar em consideração antes de contratar o seu tratamento. Algumas pessoas procuram um ortodontista por indicação e outros ao realizar pesquisas, mas nos dois casos são necessários tomar alguns cuidados.

O primeiro passo é verificar o currículo do seu dentista. É necessário que ele seja especialista em ortodontia e estar registrado no Conselho Regional de Ortodontia (CRO) e no Conselho Federal e Ortodontia (CFO). Você consegue verificar essas informações no site do CRO, qual a especialização dele e o registro. Ele somente pode ser chamado de especialista ao concluir o curso e obter o certificado.

Além dessa obrigatoriedade de especialização e do registro, existem outras coisas que você precisa observar. A primeira delas é se esse especialista irá realizar um diagnóstico presencialmente e se ele vai solicitar os exames. Antes de iniciar o tratamento é importante a realização dos exames para poder verificar como estão as condições da sua arcada dentária e realizar o planejamento do tratamento. Sem o diagnóstico não será possível determinar o percurso que deve ser realizado.

Observe se o seu ortodontista vai te passar os principais detalhes do tratamento, se ele consegue esclarecer as suas dúvidas e se ele está sendo claro sobre as condições implicadas no tratamento. Verifique também se ele está te oferecendo os tratamentos mais modernos e confortáveis, pois o profissional deve se manter constantemente atualizado para oferecer o melhor ao paciente.

Saiba também quem irá prestar o atendimento, se é o próprio ortodontista ou um auxiliar, pois em nenhuma hipótese o auxiliar poderá prestar o atendimento. A Lei não autoriza que o auxiliar ou o técnico em saúde bucal faça o atendimento. Estes profissionais somente estão autorizados a realizar a limpeza de remoção de placa, a aplicação de flúor e a remoção de suturas.

Caso o atendimento seja feito por uma equipe de profissionais, se informe se todos são especialistas da área , quem será o responsável pelo o caso e se todos estão registrado nos órgãos regulamentadores.

Verifique também se existirá alguma forma de contrato para evitar desgastes e se toda a parte financeira do tratamento ficou clara para você. Evite dores de cabeça para não precisar brigar na justiça.

Por fim, se você optar pelo o tratamento com Invisalign, verifique se o profissional é credenciado pela a rede para realizar o procedimento.

Se você tem interesse em iniciar um tratamento ortodôntico, entre em contato conosco e agende a sua avaliação. Vamos conversar e esclarecer todas as dúvidas.