Invisalign e aparelhos convencionais: quais as diferenças?

Iniciar um tratamento ortodôntico pode gerar muitas dúvidas ao paciente, e entre elas se encontram qual o melhor aparelho para utilizar. Atualmente, a ortodontia oferecem diversas opções de aparelho para que o paciente escolha aquele que melhor se encaixa em seu perfil. Pensando nisso, preparamos este artigo para esclarecer as principais diferenças entre o tratamento convencional e o tratamento com o Invisalign.

A finalidade dos aparelhos ortodônticos convencionais e o Invisalign são as
mesmas: corrigir a má oclusão, abrir espaço para os dentes que vão nascer, alinhar e nivelar os dentes. No entanto, as duas formas de tratamento apresentam as suas peculiaridades.

Diferenças entre o Invisalign e os aparelhos convencionais.

O Invisalign em contrapartida aos aparelhos convencionais é a opção perfeita para quem deseja maior discrição, pois os alinhadores são produzidos a partir de uma tecnologia 3d que faz com que eles sejam praticamente invisíveis.

Outro contraponto entre os aparelhos convencionais e o Invisalign é a questão da higiene tanto dos dentes quanto do aparelho. Por se tratar de um aparelho que pode ser removível, o Invisalign oferece maior facilidade para a higienização, pois o paciente poderá retirá-lo tanto para limpá-lo quanto para limpar os dentes. Já nos aparelhos convencionais é necessário o uso de escovas específicas para a higienização e outros produtos para facilitar o uso do fio dental.

Ao optar pelo o uso dos aparelhos convencionais o paciente não pode prever o resultado final, já com o Invisalign isso é possível a partir da primeira consulta. Ao escolher o Invisalign o ortodontista realiza um planejamento virtual a partir de softwares específicos que simulam todo o decorrer do tratamento. Assim o paciente fica sabendo quantos alinhadores serão necessários até o final do tratamento.

Por fim, vamos a uma parte que todo mundo gosta. A alimentação! Com os
aparelhos convencionais o paciente deve seguir uma série de cuidados na
alimentação, precisando selecionar alimentos macios para não danificar o aparelho. Já com o Invisalign o paciente pode retirar o aparelho ao se alimentar não passando por qualquer restrição alimentícia.


É importante lembrar que para as duas formas de tratamento é deve-se visitar o ortodontista mensalmente e que apesar do Invisalign ser um aparelho removível, ele deve ser utilizado durante todo o dia conforme a orientação do seu dentista.

Leia também: “Invisalign: como funciona o tratamento?

No Comments
Leave a Reply