Invisalign: vou sentir dor?
Invisalign

Invisalign: vou sentir dor?

O Invisalign se tornou um dos tratamentos ortodônticos mais procurado nos consultórios. Isso porque, o alinhador oferece maior conforto e praticidade durante o tratamento. Contudo, uma das perguntas mais comuns durante a avaliação é: vou sentir dor durante o tratamento? E é sobre isso que vou falar nesse artigo.

É normal sentir dor com Invisalign nos primeiros dias

Ainda que o Invisalign ofereça maior conforto no tratamento, é comum que o paciente sinta dor nos primeiros dias. No entanto, essa dor provocada pelo tratamento é muito menor que os tratamentos convencionais. O que ocorre é que por ser removível, o Invisalign produz forças que recomeçam com intervalos.

Dessa forma, a menor intensidade da dor ocorre devido aos intervalos em que o paciente retira o aparelho para realizar a higienização e alimentação.

A dor ocorre devido à movimentação dos dentes que é feita por uma leve força para auxiliar a reposicionar os dentes. Com isso, o paciente irá sentir uma leve pressão nos dentes, que demonstram que o aparelho está realizando o trabalho desejado.

É possível aliviar a dor?

Normalmente, a dor ocorre nos primeiros dias do tratamento, podendo ser de dois a três dias. No entanto, para que o tratamento evolua, o paciente precisa realizar uma troca de alinhadores e, nesses períodos de troca, é possível que você note algum incômodo.

Nesses casos, existem algumas soluções eficazes que podem ser adotadas pelo paciente. Algumas dessas soluções são: fazer uma compressa fria no lado externo da boca ou ingerir água gelada. Outra opção é consumir chás como o de camomila, que ajuda a diminuir a dor.

E se a dor continuar?

Como eu disse anteriormente, é muito comum que nos primeiros dias o paciente sinta dor. No entanto, caso essa dor persista é de extrema importância comunicar sobre o assunto ao seu ortodontista para que ele realize os ajustes necessários.

Se você deseja transformar o seu sorriso pelo tratamento ortodôntico, entre em contato e agende agora a sua avaliação.

Deixe uma resposta