Prognatismo é um dos diversos problemas de má oclusão que podem afetar a saúde da estrutura dentária e gerar complicações à qualidade de vida. Por este motivo, manter atenção à saúde bucal é tão importante. O prognatismo é uma condição em que a mandíbula e os dentes inferiores são projetados para a frente dos superiores. 

Para esclarecer o assunto, preparei este artigo com 3 informações que você precisa saber sobre o prognatismo. Confira. 

O que causa o prognatismo mandibular?

O prognatismo mandibular é uma oclusão esquelética que faz com que a mandíbula cresça de forma excessiva. Isso faz surgir um degrau sagital que projeta um perfil facial reto ou côncavo. Essa é uma oclusão de classe III, sendo muitas vezes uma herança genética autossômica dominante. 

Esse quadro pode ser herdado do pai e/ou da mãe. Quando os dois apresentam essas características, maiores são as possibilidades da criança herdar. 

Essa condição pode trazer prejuízos à saúde bucal

Todas as más oclusões causam prejuízo à saúde bucal, e com essa não é diferente. Em grande parte dos casos, o crescimento exagerado da mandíbula causa a sobrecarga na atividade da articulação temporomandibular (ATM). Com isso, o paciente sente dores e sofre com ruídos articulares. Outro problema enfrentado são as dores de cabeça, dores no de ouvido, ou dores musculares. 

Qual o tratamento recomendado?

O tratamento da má oclusão de classe III relacionada ao prognatismo pode variar conforme a idade do paciente. Em adultos, é recomendado o uso de aparelhos ortodônticos, como o Invisalign, e muitas vezes a associação de cirurgia. A cirurgia ajuda a reposicionar a mandíbula em relação à base do crânio, isso faz o encaixe equilibrado dos dentes superiores e inferiores. 

O tratamento com o Invisalign é recomendado pela praticidade do aparelho. Pois, ele se adapta facilmente à rotina do paciente, evitando problemas relacionados à higiene ou desconforto pela adaptação do aparelho. 

Se você deseja conhecer melhor o Invisalign, entre em contato e agende a sua consulta. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.